Por que a bandeira do Brasil de Hans Donner foi alvo de piadas?

A maioria dos brasileiros conhece bem o nome Hans Donner. O designer alemão de 69 anos adquiriu grande popularidade graças ao seus projetos criativos para a Rede Globo. Durante muito tempo ele influenciou o design no Brasil com seu estilo futurista característico. Além de ter sido o criador do logotipo da emissora, Hans Donner e sua equipe desenvolveram trabalhos icônicos nas aberturas das novelas, vinhetas de programas e, é claro, na pintura corporal de Valéria Valenssa: a eterna Globeleza.

No entanto, os elementos marcantes no design de Hans Donner – como as texturas metálicas, as formas tridimensionais e as cores em degradê – foram perdendo espaço para criações cada vez mais simplificadas. Nos últimos anos a Globo passou a adotar um estilo minimalista em seus materiais de comunicação. Depois de 40 anos na emissora, Hans Donner foi afastado em março de 2016.

Recentemente o designer voltou a ser mencionado nos meios de comunicação, mas desta vez de forma pejorativa. O motivo foi sua versão para a bandeira do Brasil. No último dia 9 ele apresentou o que seria uma alternativa para a nossa bandeira em um evento chamado Fórum do Amanhã, que acontece em Tiradentes (MG).

Com o objetivo de sinalizar uma nova visão de Brasil para os brasileiros, Hans Donner usou tons de degradê em verde e amarelo, mudou a posição da faixa em branco e adicionou a palavra “amor”. Para ele, a faixa inclinada para cima e as outras modificações podem ajudar a despertar otimismo na população. A proposta poderá ser enviada ao Congresso e a mudança seria realizada por meio de lei ordinária, com decisão por maioria simples.


O problema é que grande parte das pessoas ignorou o currículo de Donner e fez muita piada nas redes sociais. Inúmeros memes foram criados para zoar a versão pouco atraente da bandeira.

Opinião:
Uma bandeira deve representar um estado e pode ressaltar as características consideradas importantes através de elementos simplificados. Uma rápida pesquisa por bandeiras de países na Internet e você perceberá que a maioria é formada por faixas de cores e algumas possuem elementos gráficos como estrelas, luas, folhas, brasões. Outra pesquisa e você notará que há um consenso sobre a beleza na simplicidade da bandeira do Japão. Há também críticas sobre a grande quantidade de elementos em nossa bandeira.

O fato de uma bandeira ser normalmente simplificada não é apenas um modismo. Ao estabelecer relações diplomáticas com diferentes povos, uma bandeira simples é proporcional é mais fácil de ser compreendida e lembrada. No caso do Hans Donner, aparentemente o problema foi ter focado menos na solução e mais na aplicação de um estilo pessoal. Sua versão é somente a bandeira original no estilo Hans Donner (imagina uma versão no estilo Romero Britto?). Além disso, ele escolheu deixá-la ainda mais complexa ao aplicar degradê, sombra projetada e uma nova palavra. Aliás, há problemas no degradê, pois os tons claros ficaram à esquerda nas áreas verde e azul e à direita na área amarela (como se o elemento recebesse uma iluminação diferenciada).

Se é para mudar a bandeira, que tal adotar a versão que vigorou de 1822 a 1889?

Croove
Siga!

Croove

Agência de Design em Croove Creative Move
O Croove é um espaço para a livre expressão da criatividade

Somos uma Agência de Design do Rio de Janeiro. Esse é um espaço onde estudantes e profissionais de áreas como artes, comunicação e design podem aprimorar sua criatividade e talento, buscando inspirações diárias em artigos, tutoriais e materiais para download. Um dos principais objetivos do Croove é criar um canal de comunicação com diferentes públicos.
Croove
Siga!